Conheça o Face App o aplicativo que envelhece✅

Face app 2020De políticos a celebridades, todos foram tomados pela vontade de experimentar o tal o aplicativo que envelhece, que ganhou mais de 80 milhões de usuários somente no ano de 2017 por causa do famoso desafio do FaceApp, que é o nome do tal aplicativo.

Pois bem, basicamente o que o aplicativo faz é envelhecer o rosto de uma pessoa e, embora não seja novidade, o aplicativo que envelhece foi uma febre há bem pouco tempo atrás pela capacidade de fazer envelhecimentos bastante realistas.

Assim, ele se disseminou rapidamente entre os usuários das redes sociais e deu o que falar entre polêmicas e elogios. Portanto, se você ainda não conhece, vamos saber um pouco mais sobre o aplicativo que envelhece e entender como ele funciona.

 

A história do aplicativo que envelhece

Para quem não sabe, o aplicativo foi desenvolvido em São Petersburgo, na Rússia e se tornou um viral pela primeira vez ainda no ano de 2017. No entanto, alguns problemas de funcionalidade acabaram atrapalhando o uso do aplicativo, fazendo com que os usuários o abandonassem rapidamente.

Foi então que uma nova versão foi feita, contando com mais filtros e uma tecnologia mais refinada, que fez com que o aplicativo que envelhece voltasse a cair no gosto de muitos.

Atualmente, o aplicativo conta com mais de 21 filtros disponíveis na sua versão gratuita e mais uma variedade na versão paga.

Mais ainda, o aplicativo que envelhece vai muito além dessa funcionalidade, pois ele também permite alterar a cor e o estilo do cabelo, alterar o gênero, colocar sorrido nas fotos e muito mais.

Segundo Yaroslav Goncharov o fundador da companhia Wireless Lab, que foram os responsáveis pelo desenvolvimento do FaceApp, o maior diferencial do aplicativo que envelhece é que promove um efeito realista, diferente da maioria de aplicativos que mudam a foto de um modo mais divertido, mas pouco realista.

Ainda segundo ele, o realismo só é possível gravas ao uso de redes neurais artificiais, que é um tipo de inteligência artificial. Com ela, o computador consegue identificar padrões depois de analisar milhares de imagens.

No caso do Face App, o famoso aplicativo que envelhece, ele foi desenvolvido utilizando redes neurais convolucionais, contando com um algoritmo que pode reconhecer e classificar os objetos nas imagens, incluindo rugas, que conferem ao rosto o aspecto de mais velho.

 

Polêmicas acerca do aplicativo que envelhece

Juntamente com todo o entusiasmo no uso do aplicativo que envelhece, surgiram também algumas polêmicas acerca do Face App. Uma dessas polêmicas é que a primeira versão do aplicativo contava com a opção “hot” que tinha como objetivo deixar as pessoas mais atraentes.

No entanto, os usuários começaram a notar que ele tinha uma tendência a clarear a pele e alterar alguns traços do rosto, para deixar o nariz e lábios mais finos, o que gerou uma certa polêmica nas redes sociais.

Outra questão bastante polêmica foi a respeito das informações que são coletadas pelo FaceApp, que são: histórico de navegação do browser, imagens usadas nas montagens e até mesmo arquivos de registro.

Segundo a Política de privacidade do aplicativo que envelhece, o FaceApp pode o seguinte:

“Ao usar nosso serviço, nossos servidores automaticamente gravam certas informações do arquivo de registro, incluindo solicitações da web, endereço de IP, tipo de browser, páginas de referência/saída e URL, número de cliques e como você interage com os links no serviço, nome de domínios, páginas iniciais, páginas visualizadas e outras informações”

Algumas pessoas estavam especulando até mesmo a possibilidade de o FaceApp ser uma forma de espionagem russa para coletar dados das pessoas no mundo todo.

No entanto, Elliot Anderson, um pesquisador de segurança, analisou o aplicativo e verificou que ele só leva as fotos com efeito para um software para um servidor da empresa, que fica, na verdade, nos Estados Unidos, baseados em data centres da Amazon.

Obviamente essa é uma preocupação normal, afinal, ninguém quer uma invasão no seu smartphone. No entanto, lembre-se que você pode alterar suas permissões, restringindo alguns acessos.

 

Como usar o aplicativo que envelhece

Se você ainda quer descobrir como você vai ficar quando for idoso, saiba que é muito simples usar o aplicativo que envelhece. Veja o passo a passo a seguir:

  • Acesse a loja de aplicativos do seu smartphone, que é App Store para iOS e Play Store para Android.
  • Pesquise por “FaceApp” e faça o download e instalação do aplicativo no seu celular.
  • Depois disso, abra-o
  • Selecione o ícone da câmera e autorize o aplicativo a acessar a câmera do seu celular
  • Tire uma foto, preferencialmente em um ambiente que esteja bem iluminado
  • Aguarde até que o aplicativo faça o processamento da imagem e vá para a tela de edição
  • No menu que aparecerá, escolha a opção “idade”
  • Em seguida, selecione a opção “idoso”
  • Aguarde o processamento da imagem novamente

Pronto, seguindo esses passos simples do aplicativo que envelhece você já saberá como vai ficar daqui a alguns anos. Vale lembrar que o aplicativo ainda oferece a opção de compartilhas a foto nas suas redes sociais, caso você já queira mostrar aos seus amigos como ficou. Divirta-se!